No próximo dia 7 de abril terá lugar, na Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira, em Gouveia, o anúncio do vencedor do Prémio Vergílio Ferreira 2018.

Concorreram 31 trabalhos, na categoria de ensaio, destacando-se nesta edição uma significativa participação de concorrentes brasileiros.

O trabalho premiado será editado pelo Município de Gouveia, em agosto, e o seu autor receberá um prémio no valor pecuniário de 5000 euros.

As obras a concurso foram apreciadas por um júri constituído por Alípio de Melo, representante do Município de Gouveia; José Manuel Mendes, em representação da Associação Portuguesa de Escritores e Cristina Robalo Cordeiro, Professora Universitária.

O Prémio Literário Vergílio Ferreira foi criado em 1997 com objectivo de defender e divulgar a criação literária em língua portuguesa. Inicialmente distinguia um romance inédito, mas a partir do ano 2007 passou a premiar, alternadamente, um romance ou um ensaio literário.

Após o anúncio do vencedor do Prémio Literário terá lugar a homenagem a José Correia Tavares, falecido no dia 18 de janeiro, poeta, romancista e jornalista foi membro do júri do Prémio Literário Vergílio Ferreira desde 1997 até 2016.

No âmbito desta homenagem será apresentada a sua obra póstuma – O Herdeiro Universal – numa iniciativa da Associação Portuguesa de Escritores em parceria com a editora Húmus e o Município de Gouveia.

Nesta data serão, ainda, apresentados dois novos programas culturais do Município – a Comunidade de Leitores de Gouveia e o projeto de transformação da Vila Josephine na Casa da Palavra -Vergílio Ferreira.

Também nos dias 7 e 8 de abril estará em exibição, no Cineteatro de Gouveia o novo filme Aparição, realizado Fernando Vendrell, uma adaptação da obra homónima de Vergílio Ferreira.
A entrada é gratuita.

Share This

Antena Livre

Partilhe com os seus amigos