Desvalorizando os argumentos apresentados ontem em tribunal, por Pedro Dias, o Ministério Público pediu pena máxima para o arguido nas alegações finais do julgamento. Considera provados os três crimes de homicídio de que é acusado, bem como do crime de tentativa de homicídio e três de sequestro.

Segundo a procuradora, a versão apresentado pelo suspeito dos crimes de Aguiar da Beira, é «fantasiosa», pelo que «não pode merecer qualquer credibilidade».

Share This

Antena Livre

Partilhe com os seus amigos